Projeto Democracia Participativa

Endereço: Av. Antônio Carlos, 6627 - Pampulha | Belo Horizonte - MG 31270-901

Telefone: (31) 3409-5004

Professores

LEONARDO AVRITZER

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Minas Gerais (1983), mestrado em Ciência Política pela Universidade Federal de Minas Gerais (1987), doutorado em Sociologia Política - New School for Social Research (1993) e pós-doutorado pelo Massachusetts Institute of Technology (1998-1999) e (2003). Atualmente é professor titular da Universidade Federal de Minas Gerais. Foi representante de área da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (2005-2011), professor visitante da USP (2004), da Tulane University (2008) e da Universidade de Coimbra (2009). Foi diretor da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais (1997-1998) e atual presidente da Associação Brasileira de Ciência Política (2012-2014). É membro do Conselho Consultivo da International Political Science Association (IPSA). É autor dos seguintes livros: Democracy and the public space in Latin America (2002) e A moralidade da democracia (1996) - prêmio melhor livro do ano (ANPOCS), Participatory Institutions in Democratic Brazil (2009), Los Desafios de la Participación en América Latina (2014). 

Lattes: http://lattes.cnpq.br/7269081571624734

PRISCILA ZANANDREZ

Bacharel em Gestão Pública, Mestre e Doutoranda em Ciência Política pela Universidade Federal de Minas Gerais. Atualmente, é pesquisadora e gestora de projetos do Projeto de Democracia Participativa da Universidade Federal de Minas Gerais. Tem experiência na área de Ciência Política e Gestão Pública, principalmente temas sobre Participação, Conselhos de Políticas, Sociedade Civil, Interfaces socioestatais, organizações da sociedade civil e Sistemas de Participação.

 

 

 

Lattes:  http://lattes.cnpq.br/6644025575271433

EDUARDO MOREIRA

Professor Adjunto do Departamento de Ciência Política da Universidade Federal de Minas Gerais. Pós-doutorado em Ciência Política (2014,2015, 2016). Doutorado em Ciência Política pela Universidade Federal Minas Gerais (2013). Mestrado em Ciência Política pela Universidade Federal Minas Gerais (2007). Graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Minas Gerais(2004) e em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (2002). Pesquisador, dentre outros, dos seguintes temas: cidadania, constituições brasileiras, cultura política, participação política na América Latina e gestão pública. Pesquisador do Projeto Democracia Participativa (PRODEP/UFMG). Pesquisador do Observatório da Justiça Brasileira (OJB/UFMG). Membro do Centro de Estudos Sociais da América Latina (CES/AL).

Lattes: http://lattes.cnpq.br/6330511204692842

ELEANORA SCHETTINI MARTINS CUNHA

Professora aposentada do Departamento de Ciência Política da UFMG, doutora em Ciência Política (UFMG e estágio de doutoramento na Universidade de Coimbra), com mestrado em Ciência Política (UFMG). Bacharel em Serviço Social (UFRJ), Pós-Graduada (Especialização) em Políticas Sociais e Movimentos Sociais (UFPA) e Política Social e Serviço Social (UnB). Pesquisadora do Grupo MARGEM, do Departamento de Ciência Política/UFMG. Membro da Associação Brasileira de Ciência Política (ABCP) e da Associação Latino-Americana de Ciência Política (ALACIP). Principais áreas de pesquisa e trabalho: teoria democrática, participação, políticas públicas, assistência social.

Lattes: http://lattes.cnpq.br/7925839052222233

JORGE ALEXANDRE BARBOSA NEVES

Possui graduação em Ciências Sociais (1988) e Mestrado em Sociologia (1991), ambos pela Universidade Federal de Pernambuco, e doutorado em Sociologia pela University of Wisconsin-Madison/USA (1997). Em 1996, foi professor colaborador (lecturer) de Sociologia Rural no atual Departamento de Sociologia Comunitária e Ambiental da UW-Madison/EUA. Realizou pós-doutoramento no Instituto de Pesquisas Sociais (INPSO), da Fundação Joaquim Nabuco (FUNDAJ), em Recife-PE, em 1997. Entre 1997 e 2004, foi Professor Adjunto do Departamento de Ciências Administrativas da Universidade Federal de Pernambuco. Atualmente, é professor Associado do Departamento de Sociologia da Universidade Federal de Minas Gerais, onde ocupou o cargo de Diretor da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, entre março de 2010 e março de 2014. Foi Editor da Population Review, de julho de 2009 a junho de 2013. Em setembro de 2015, iniciou um período sabático como pesquisador visitante no Instituto de Estudos Latino-americanos da Universidade do Texas-Austin, nos EUA. Tem experiência nas áreas de Sociologia, Economia, Análise Organizacional, Gestão Pública, Estudos Populacionais e Métodos Quantitativos, com ênfase em Mercado de Trabalho, Desigualdades Sociais, Processos Organizacionais e Políticas Públicas, atuando principalmente nos seguintes temas: capital humano, desenvolvimento socioeconômico, capital social, salários, empregabilidade, determinação de rendimentos, educação, saúde, desenvolvimento agropecuário e análise organizacional de processos sociais e econômicos. É autor de vários capítulos de livros e de artigos publicados nas seguintes revistas acadêmicas: Plos One, Research in Social Stratification and Mobility, Sociologias, Population Review, Revista de Administração Contemporânea, Organizações & Sociedade, Revista Brasileira de Estudos de População, Caderno CRH, Cadernos EBAPE, Journal of Developing Areas, Revista de Administração Contemporânea-Eletrônica, Organizações Rurais e Agroindustriais, Estudos Avançados em Administração, Revista de Administração Mackenzie, Saúde e Sociedade, Salud(i)Ciencia e Revista Panamericana de Salud Publica.

Lattes: http://lattes.cnpq.br/5400214667102569

MARJORIE CORRÊA MARONA

Professora do Departamento de Ciência Política da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Minas Gerais (DCP/FAFICH/UFMG). Coordenadora do Observatório da Justiça no Brasil e na América Latina (OJb-AL/UFMG). Pesquisadora do Instituto da Democracia e da Democratização da Mídia - INCT/IDD. Doutora em Ciência Política pela Universidade Federal de Minas Gerais (2013) com estágio de doutoramento no Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (2011-2012). Mestre em Filosofia do Direito pela UFMG (2004) e graduada em Direito (2001). Co-organizou o livro ‘O Constitucionalismo Democrático Latino-Americano em Debate: soberania, separação de poderes e sistema de direitos’ (Autêntica, 2016) e ‘Cartografia da Justiça no Brasil: uma análise a partir de atores e territórios’ (Saraiva, 2014). Atua nas áreas de teoria política, teorias da justiça, direito e desigualdades, instituições judiciais, constitucionalismo e democracia.

 
Lattes: http://lattes.cnpq.br/0414801887136245

ROBERTO ROCHA COELHO PIRES

Pesquisador do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), com atuação na Diretoria de Estudos do Estado, das Instituições e da Democracia (DIEST). Pesquisador visitante (pós-doutorado) no Centro de Sociologia das Organizações da Sciences Po (2015-2016) e no Watson Institute Brown University (2015). Doutor em Políticas Públicas pelo Massachusetts Institute of Technology-MIT (2009). Mestre em Ciência Política pela Universidade Federal de Minas Gerais (2004) e graduado em Administração Pública pela Fundação João Pinheiro (2001). É professor do Mestrado Profissional em Políticas Públicas e Desenvolvimento (Ipea) e professor do Mestrado Profissional em Governança e Desenvolvimento na Escola Nacional de Administração Pública (ENAP). Desenvolve pesquisas sobre temas como implementação de políticas públicas, burocracia, participação social e relações estado-sociedade. 


Lattes: http://lattes.cnpq.br/5449780717036843

OSWALDO MARTINS ESTANISLAU DO AMARAL

Graduado em Relações Internacionais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), mestre em Ciências Sociais na área de Política pela mesma instituição e doutor em Ciência Política pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Em 2008, cumpriu estágio de doutoramento com financiamento da Capes no Latin American Centre (LAC) da University of Oxford. Em 2011 e em 2017, retornou ao LAC como pesquisador-visitante. Em 2014, foi professor-visitante no Instituto de Iberoamérica da Universidad de Salamanca. Em 2015, foi pesquisador-visitante no Kellogg Institute da University of Notre Dame. Desde 2012, é professor do Departamento de Ciência Política da Unicamp. Entre 2013 e 2017, foi coordenador do Grupo de Investigación de Partidos y Sistemas de Partidos en América Latina (Gipsal) da Associação Latinoamericana de Ciência Política (Alacip). Atualmente, é membro da diretoria da Associação Brasileira de Ciência Política (ABCP) e diretor do Centro de Estudos de Opinião Pública (Cesop) da Unicamp.

 

 

 

Lattes: http://lattes.cnpq.br/6622034231367623

RAFAEL CÂMARA DE MELO

Pós-doutorando vinculado ao Centro de Estudos Legislativos da UFMG no âmbito do INCT-Instituto da Democracia e da democratização da Comunicação’.  Doutor em Ciência Política pela Universidade Federal de Minas Gerais. Mestre em Ciência Política e graduado em Ciências Sociais pela mesma instituição. Trabalha na área de Instituições Democráticas, com ênfase nos estudos sobre partidos, sistemas partidários, comportamento legislativo e Poder Executivo. 

 

 

 


Lattes: http://lattes.cnpq.br/8489335356492223

MIGUEL CARTER

Doutor em Ciência Política pela Universidade de Columbia (Nova York).Pesquisador com ampla experiência internacional em consultorias, palestras, publicações e pesquisas. Especialista em governança e desenvolvimento social com 25 anos de prática analítica e operacional em transições democráticas e eleições, programas de boa governança e anticorrupção, avaliações de economia política, análise de pobreza e impacto social, desenvolvimento rural e comunitário, direitos humanos e responsabilidade social emapeamento da sociedade e monitoramento e avaliação em toda a América Latina.

CLARISSE GOULART PARADIS

Professora adjunta do Instituto de Humanidades e Letras da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira (UNILAB/Bahia) e pesquisadora do FEMPOS (Pós-colonialidade, feminismos e epistemologias anti-hegemônicas). É mestre e doutora em Ciência Política pela Universidade Federal de Minas Gerais. A autora tem contribuído com os estudos e debates sobre o feminismo na América Latina, principalmente sobre a relação com o Estado, a atuação dos órgãos de políticas para as mulheres e a trajetória dos movimentos de mulheres na região. Atualmente, tem se debruçado sobre o tema da prostituição, especialmente a partir das regulações institucionais e de suas conexões com a teoria política e teoria feminista. Seus interesses de temas são: Política Internacional; Teoria Feminista; Teoria Política; Gênero; Políticas Públicas; Prostituição. 


Lattes: http://lattes.cnpq.br/5233039248800739

MARIA ALICE SILVEIRA

Doutoranda em Ciência Política pela Universidade Federal de Minas Gerais
com doutorado sanduíche pelo Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra
(Portugal). Mestra em Ciência Política pela Universidade Federal de Minas Gerais
(2013-2015). Graduada em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Montes
Claros-MG (2006). Possui especialização em Produção em Mídias Digitais pelo IEC
PUC-Minas (2012). É bolsista do INCT - Instituto da Democracia e da Democratização
da Comunicação e pesquisadora do Centro de Estudos em Política e Internet (CePPI) da
UFMG. Suas áreas de interesse se concentram nos estudos sobre movimentos sociais,
participação política, tecnologias e mídias digitais. Atualmente pesquisa sobre protestos
contemporâneos, mídias sociais e emoções.

Lattes: http://lattes.cnpq.br/7218776969817589